desenvolvido por: 

parceiros: 

CERVEJA INFINITA alimento ruderal

Infinita é um convite do projeto Cerrado Infinito para experimentar cervejas feitas com a flora do Campos de Piratininga. Esperamos proporcionar arte, pesquisa, diversão e um excelente convívio e troca de idéias entre pessoas e plantas.

INFINITA CARAGUATÁ PALE ALE

O Caraguatá - Bromelia balansae Mez (BROMELIACEAE), foi introduzido pelo Lúcio Tamino, bem no início do projeto lá nos idos de 2015. Era uma planta que ficou um bom tempo isolada enquanto desenvolviamos outras partes da trilha, mas aos poucos a vegetação do cerrado a incorporou.

Por um bom tempo pensamos que ela servia apenas como cerca viva em alguns pontos onde por vários motivos era melhor as pessoas não andarem, mas com os frutos começamos a pensar outras utilidades.

Em torno das frutas amarelas do caraguatá começou o projeto da cerveja Infinita.

Fazer experiências com produtos que plantamos no Cerrado Infinito para uso gastronômico, de certa forma, uma tentativa de entrar no imaginário das pessoas pelo paladar e o estômago.

Para fazer a cerveja chamei meu amigo Elvis, que é um estudioso do assunto em todas as vertentes, lendo, palestrando, fazendo cervejas e principalmente bebendo.

Por que afinal de contas essa é a idéia.

Infelizmente a primeira experiência acabou muito rápido, precisamos fazer novas safras.

Daniel Caballero

Caraguatá Pale Ale – Cerveja e Cerrado Infinito – Colaboração, ou prazer em fazer parte.
Assim como o Cerrado Infinito surgiu para resgatar uma paisagem perdida nos horizontes da cidade, surge a Cerveja Infinita para acompanhar o momento de contemplação dessa nova paisagem que se delineia a partir da Praça da Nascente em São Paulo.
A cerveja é uma descoberta antiga, de alguns poucos milênios atrás, alimento para o corpo e para a história humana, um presente explorado e habilmente aperfeiçoado seja através de vultuosos investimentos seja através de cada pequena experiência executada aí mesmo, perto de você.
Do encontro entre o Cerrado Infinito e a cultura cervejeira nasce a Cerveja Infinita. A partir do replantio de espécies do cerrado, experimentações. Estilos consagrados decervejas criados ao redor do mundo, dão as mãos para os frutos, ervas e toda a flora do cerrado paulista, criando um novo registro sobre o projeto cerrado infinito, um registro líquido.
No dia 15 de outubro próximo estaremos lançando a primeira dessas experimentações, a Caraguatá Pale Ale. Por quê ela? Porque temos pés de caraguatá no cerrado, porque seus frutos estavam maduros, porque queríamos um estilo fácil como base dessa primeira experiência.
Colaboração, o motivo de estarmos fazendo cerveja no cerrado – Luciano, Jorge, Rapha, Letícia, Daniel, Ananda, Elvis, Diego, Erika, Arlene, Tiago, Saroca e tantos outros
– Saúde. Vocês tornaram possível esse brinde!

Elvis Rocha