desenvolvido por: 

parceiros: 

46 - MIMOSA AMARELA

Chamaecrista flexuosa (L.) Greene (Leguminosae)

46- Mimosa amarela – Chamaecrista flexuosa (L.) Greene (Leguminosae)

 

Planta de pequeno porte, arbustiva, de até 50 cm de altura, ramos rígidos e em geral na cor ferrugem. Folhas compostas, alternas, compostas por muitos folíolos oblongos, de 1 mm de largura por 10 mm de comprimento. Flores amarelas, em geral solitárias, com cinco pétalas, partindo da axila das folhas. Fruto do tipo legume.

 

Distribuição: Em fisionomia campestre de cerrado, e em áreas perturbadas.

Situação em São Paulo: Comum em beiras de estradas e em rodovias, nas regiões periféricas, assim como em terrenos baldios.

Como plantar: O transplante de muda é feito mantendo-se as raízes intactas e o torrão, ou por sementes, que crescem rapidamente.

Usos: Potencial como ornamental, pelas folhagem com aspecto característico e pela floração exuberante. Pode ser usada como planta apícola, avidamente visitada por abelhas e outros polinizadores.

 

DANTAS, M. M.; SILVA, M. J.. THE GENUS CHAMAECRISTA (LEGUMINOSAE, CAESALPINIOIDEAE, CASSIEAE) IN THE SERRA DOURADA STATE PARK, GOIÁS, BRAZIL. RODRIGUÉSIA, V. 64, N. 3, P. 581-595, 2013.

TOZZI, A.M.G.A. (COORD.). CAESALPINIOIDEAE IN: TOZZI, A.M.G.A., MELHEM, T.S., FORERO, E., FORTUNA-PEREZ, A.P., WANDERLEY, M.G.L., MARTINS, S.E., ROMANINI, R.P., PIRANI, J.R., FIUZA DE MELO, M.M.R., KIRIZAWA, M., YANO, O., CORDEIRO, I. (EDS.) FLORA FANEROGÂMICA DO ESTADO DE SÃO PAULO. INSTITUTO DE BOTÂNICA, SÃO PAULO, VOL. 8, 2016, PP: 22-83.

CAMPOS, EUDES. A VILA DE SÃO PAULO DO CAMPO E SEUS CAMINHOS. REVISTA DO ARQUIVO MUNICIPAL. SÃO PAULO, N. 204, 2006.