desenvolvido por: 

parceiros: 

24 - LÍNGUA DE TUCANO

Eryngium horridum Malme (APIACEAE)

24- Língua-de-tucano – Eryngium horridum Malme (APIACEAE)

 

Planta herbácea, perene, de 1 m de altura, do centro cresce um longo escapo com inflorescências de até 2,5 m de altura. Aspecto similar ao de uma bromélia, como folhas basais numerosas, lanceoladas, acuminadas, de até 50 cm de comprimento e até 2 cm de largura. Possui as margens fortemente espinhosas ou denteadas. Sua floração é em grupos de pequenas flores de até 1,5 cm na cor branco-esverdeada, repletas de brácteas. O fruto possui forma ovoide e escamas em forma de lança.

 

Distribuição: Planta comum no Centro-Oeste, Sudeste e Sul, em campos abertos, formações campestres e locais ensolarados com pouca perturbação. Muito distinta por seu aspecto espinhoso, assim como por sua floração exuberante, de até 1,5 m de altura, durante o verão.

Situação em São Paulo: Planta comum em terrenos baldios, beiras de rodovia e morros descampados, sempre a pleno sol. Resistente a queimadas.

Como plantar:

 

Usos:

 

MARTINS, A.B. (COORD.) MELASTOMATACEAE IN: MARTINS, S.E. ET AL (EDS.) FLORA FANEROGÂMICA DO ESTADO DE SÃO PAULO. INSTITUTO DE BOTÂNICA, SÃO PAULO, VOL. 6, PP: 1-168, 2009.

ELIZALDE, J. H. I.; LALLANA, V. H. REVISIÓN SOBRE ASPECTOS BIOECOLÓGICOS DE ESPECIES DEL GÉNERO ERYNGIUM (APIACEAE). REV. FACULTAD DE AGRONOMÍA, UBA, V. 20, N. 2, P. 269-279, 2000.

WANDERLEY, M. G. L. ET AL. FLORA FANEROGÂMICA DO ESTADO DE SÃO PAULO. RIMA, VOL 4, 2005.